Comunicação

Notícias

Dez dicas para voltar às aulas de forma tranquila

O ingresso na escola é um evento muito importante na vida de uma criança, pois é o primeiro passo rumo à independência em relação aos pais. É a construção de um espaço próprio, que marcará seu caminho futuro. Para os pais, esse também é um evento decisivo. É um momento de constatação de que o seu bebê está crescendo e se tornando menos dependente.

Para enfrentar a insegurança dos primeiros dias, vale algumas dicas:

1-    Chegue mais cedo

No primeiro dia de aula chegue mais cedo para ter tempo de se aproximar e conversar com as pessoas. Converse com os outros pais e estabeleça um relacionamento com a nova professora desde o início.

2-    Organize-se

Organize-se também um dia antes: confira se todo o material necessário está dentro da mochila, separe o uniforme, coloque o filho para dormir mais cedo e prepare um café da manhã reforçado.

3-    Confie no tempo

O processo de adaptação da criança à escola pode demorar de acordo com cada criança, mas é algo que vai ocorrer naturalmente, por isso, dê tempo ao tempo. Conversar com outras mães pode ser um santo remédio. Você vai descobrir que não é a única que está passando por isso e, o mais importante, que esta fase vai acabar.

4-    Ligue para a escola

Ligar uma vez ao dia para a escola para saber como está o filho também ajuda a se acalmar e vai criando confiança e vínculo com a instituição.

5-    Não tema a birra

Se a criança chorar, não se desespere e não queira levá-la pra casa de primeira. É normal que os pequenos fiquem chorosos no começo, mas a birra não costuma durar mais que 10 minutos.

6-    Passe segurança para o filho

A criança percebe o sofrimento e a insegurança da mãe que vai ter dificuldade pra se separar e se adaptar ao novo ambiente, além de sentir medo do abandono e insegurança. Ela pensa: “por que ela está chorando se vem me buscar daqui a pouco”. Portanto, controle seus sentimentos pelo bem maior.

É importante também que os pais deixem claro para a criança que a escola é um lugar seguro e tranquilo para aprender coisas interessantes e que também é um local onde poderá se divertir e fazer novos amigos. Deve ficar claro para ela que a professora é a pessoa com quem pode contar sempre.

7-    Converse com a criança

Se ele já tem idade para entender, converse bastante sobre a escola antes de matriculá-lo, sempre falando sobre o lado positivo e contando como primos ou irmãos mais velhos se divertem lá. Depois de escolhido o lugar, leve seu filho para conhecê-lo. Assim ele vai criando um vínculo com o espaço e as pessoas.

8-    Faça-o participar

A participação do filho na compra dos objetos que serão usados na escola é muito boa, pois ele se sente importante com a tarefa e, por tabela, percebe que sua conquista é reconhecida pela família.

9-    Apresente as professoras

O choro na hora da separação é muito comum e não significa, necessariamente, que a criança não queira ficar na escola. Da mesma forma, a ausência de lágrimas não quer dizer que ela não esteja sentindo a separação. A criança deve ser levada “caminhando” e ser entregue à professora, pois é sempre mais difícil sair do colo de alguém conhecido. Tentar confortá-la e reforçar que a escola é um lugar agradável, e as professoras serão amigas e muito carinhosas.

10 – Pergunte as novidades

Quando for buscar as crianças, sempre pergunte as novidades: como foi o seu dia, o que fez, se aconteceu alguma coisa que tenha lhe chamado a atenção, com quem conversou e brincou.