Comunicação

Notícias

Projeto “Sanduíche da Maricota” é destaque no Guia Jardim Camburi

Aprender de forma lúdica, além de oportunizar as crianças a chance de compartilhar conhecimento com os pais e parentes, reforça a diretriz da Upuerê em estreitar laços familiares nos projetos realizados na escola.

Um exemplo de projeto que alinha a possibilidade das crianças absorverem vários conhecimentos e dividirem experiências é o “Sanduíche da Maricota”. Baseado na história do livro “Sanduíche da Maricota” de Avelino Guedes, as crianças fizeram a leitura do autor e, em seguida, expressaram o ponto de vista delas em relação às atitudes de cada personagem.

Na história, Maricota é uma galinha que quer apenas preparar um simples sanduíche com pão, milho e ovo, mas enfrenta diversas intromissões dos demais animais, os quais querem opinar e mudar o sanduíche da galinha.

O projeto trabalha nos alunos habilidades como: o gosto pela leitura; o despertar a curiosidade e da criatividade; o desenvolvimento da expressão oral e argumentativa; o desenvolvimento do raciocínio lógico matemático, por meio da compra dos alimentos, além de instigar uma reflexão sobre a importância do cuidado com os animais, o respeito mútuo, a dignidade e o amor ao próximo.

Segundo a pedagoga da Upuerê, Zil Alves, as crianças fizeram também a listagem dos ingredientes, elaboraram uma receita saudável de sanduíche e foram ao supermercado escolher os alimentos para a confecção do sanduíche. Por fim, convidaram as famílias para a execução e degustação da receita saudável. “Acreditamos que essas situações de leitura se tornam muito significativas para as crianças, pois há o envolvimento delas em todas as etapas do projeto, dando significação a tudo o que fazem”, explica.

Para Marina Verzloet, a mãe do pequeno Gabriel Verzloet, de 04 anos, o projeto é muito interessante visto que envolve toda família. “A construção do conhecimento é feita em conjunto visto que nós pais participamos e compartilhamos o aprendizado”, afirma.

No segundo semestre, a Upuerê pretende continuar essa linha de integrar a família aos projetos e pretende trabalhar o projeto “Brincadeiras preferidas” fazendo uma contextualização entre os brinquedos antigos, como peão, elástico, peteca, com as novidades da nova geração.

IMG_20170815_145432285

 

IMG_20170815_145554