Comunicação

Notícias

Sala de aula sem paredes: educação ao ar livre

Durante a pandemia do novo coronavírus, alguns protocolos de biossegurança foram elaborados por órgãos competentes para serem seguidos pela população em diversos contextos, como no retorno das aulas presenciais. Entre as recomendações e normas estabelecidas para as instituições de ensino estão a indicação do aumento de circulação de ar nos diferentes ambientes escolares e a realização de aulas em espaços abertos. 

À frente de seu tempo, a Upuerê sempre se preocupou em promover atividades ao ar livre com as crianças, acreditando no ensino e na aprendizagem pautados no contato com a natureza. “Nosso espaço foi pensado para proporcionar o tipo de ensino que defendemos, considerando a singularidade de cada criança e suas interações sociais e com o meio. Por isso, fornecemos uma atmosfera harmoniosa para seu aprendizado”, relata a diretora pedagógica, Aparecida Epichin. 

Especializada na formação de crianças de até cinco anos, a Escola de Educação Infantil está localizada em um parque de 3000m2, onde fica o Quintal Ibi. Composto por vegetação local e árvores frutíferas, esse ambiente natural faz parte do cotidiano escolar que visa proporcionar às crianças um desenvolvimento mais humano e, consequentemente, mais saudável. 

Após sua reabertura, a Upuerê vem realizando a maioria das aulas ao ar livre, potencializando o uso do Ibi, da quadra e do ateliê. Agora, a área verde está organizada para receber os alunos de acordo com rodízios semanais que ocorrem entre as turmas. Neste período, as crianças estão sendo acolhidas no Quintal Ibi, sendo orientadas pelas professoras e assistentes de turma e o distanciamento social é assegurado pela formação de “bolhas”, delimitadas por barreiras de eucalipto tratado. Nas bolhas, as crianças permanecem juntas em pequenos grupos, sem interação com outros colegas. 

As áreas abertas incluem mudanças, que foram feitas em toda a estrutura escolar, como a instalação de pias e a disposição de cartazes ilustrativos e sinalizações. Dispensers de álcool gel foram acrescentados nas paredes e totens colocados nas duas entradas da Upuerê. 

Leia mais em: Sala de aula sem paredes, uma proposta inspiradora